“Han Lue” de Velozes e Furiosos está fazendo um Datsun 240Z de corrida para o SEMA Show

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

“Han Lue” de Velozes e Furiosos está fazendo um Datsun 240Z de corrida para o SEMA Show

Mensagem por Eduardo em Qui Out 15, 2015 10:52 am



Não é difícil encontrar quem ache que o terceiro filme da saga “Velozes e Furiosos” é o melhor de todos — este mesmo que vos escreve tem fortes inclinações a concordar. “Velozes e Furiosos 3: Desafio em Tóquio” tem a história mais legal e, apesar de não trazer Brian O’Connor, Dom Toretto e companhia, conseguiu conquistar muitos fãs graças ao enredo, aos personagens, aos carros (vamos lá, você achava legal). Claro, sem contar com o fato de que o terceiro filme foi a introdução de muita gente à prática do drift.

O protagonista de “Velozes e Furiosos 3” é Sean Boswell, um moleque desajustado que vai morar com o pai no Japão depois de arrumar problemas demais para sua mãe disputando corridas de rua. Ele ainda é proibido pelos pais de chegar perto de um carro — e, naturalmente, esta é a primeira coisa que ele faz ao chegar.
No entanto, quem rouba a cena mesmo é Han Lue, um cara que Sean conhece logo que chega ao Japão, e é doido o bastante para deixar que o moleque entre com seu carro em uma disputa de drift sem ao menos saber o que é uma derrapagem controlada. Obviamente que o carro é destruído, mas Han leva na esportiva e ainda promete ajudar Sean a aprender a arte do dorifuto.


Han morre no fim do filme (cara, “Velozes 3” saiu em 2006, não venha com essa de spoiler), mas é um cara tão bacana que acaba aparecendo em quase todas as sequências, que se passam antes da história do terceiro filme. Mas sabe o mais bacana de tudo isto? Sung Kang, como vários outros atores da série de filmes, também é entusiasta fora das telas.

Se você duvida, leia o título deste post de novo. Sim, o Han está fazendo um Datsun 240Z de corrida! E não vai ser um carro de drift — com ele, Sung vai disputar corridas de turismo amadoras por vários circuitos dos EUA. É ou não é algo para se respeitar?

O projeto foi anunciado de forma discreta, com um post nas redes sociais de Sung:

Está com cara e cheiro de b*sta agora… mas espere só até ver o que eu tenho em mente para este Datsun 240Z 1973. Acabei de comprá-lo de um casal muito gentil no meio do nada. Ficou 15 anos parado na garagem. Placas azuis legítimas da Califórnia, sem ferrugem, sem acidentes. É uma bela base para o monstro que vamos construir. Vou manter vocês informados!

A partir daí, o burburinho pela rede foi se alastrando discretamente. Sung continuou postando atualizações de seu projeto no Instagram e no Facebook, e dava para ver que o negócio iria ser mesmo de alto nível. No entanto, só ficamos sabendo de mais detalhes a respeito do projeto em setembro, quando o site 6Speedonline foi bater um papo com o Han para descobrir mais sobre o carro.

Fazendo um novo assoalho reforçado, sob medida


Sung revelou que sempre foi um fanático pelos Z-Cars da Nissan. O que é plenamente compreensível — nosso editor-chefe Juliano Barata, que acelerou um dos poucos exemplares que existem no Brasil, diz que simplesmente é um dos melhores carros que ele dirigiu: leve, equilibrado, comunicativo e potente na medida certa. Sem falar no visual de grand tourer, com capô longo e traseira curta, seguindo a fórmula de clássicos britânicos como o Jaguar E-Type e de rivais como o Toyota 2000GT (ainda que este fosse mais raro e caro).


Com motor de seis cilindros em linha de 2,4 litros e 151 cv, câmbio manual e tração traseira, o 240Z foi um sucesso no Japão (onde se chamava Nissan Fairlady Z) e nos EUA. Tantos exemplares foram modificados que um exemplar original e bem conservado é uma raridade com preços que só aumentam. Quem consegue encontrar um carro íntegro pode seguir dois caminhos — fazer uma restauração completa e fiel ou partir para a modificação. Muitos, como Sung, escolhem a segunda opção.


No entanto, ele não está sozinho nessa. Para transformar este projeto, que já tem em mente há anos, em realidade, Sung vai contar com a ajuda da GReddy Racing. A parceria é bem apropriada, visto que a preparadora instalada em Irvine, na Califórnia, foi a responsável por construir vários carros usados nos filmes de “Velozes e Furiosos” — incluindo o Mazda RX- 7 de drift de Han Lue.



Agora, felizmente o tempo passou e customizações como esta não estão exatamente na moda. Ainda não há projeções que dêem uma ideia do visual que o carro terá — talvez porque Kang esteja planejando surpreender no SEMA Show 2015, que acontecerá entre os dias 3 e 6 de novembro —, Sung já definiu vários aspectos importantes do projeto, incluindo qual será a mecânica.

Pensando bem, esta ilustração do Devil Z de Wangan Midnight que Sung postou no Facebook pode ser uma dica…


Optando por um setup bastante popular entre os entusiastas do Nissan S30, Sung irá instalar no cofre o seis-em-linha RB26, de 2,6 litros, usado no Skyline dos anos 1990 e 2000.

No entanto, não estamos falando da versão mais cobiçada — a RB26DETT, com dois turbos e 280 cv, que equipava os GT-R R32, R33 e R34 e, graças a dois turbocompressores, entregava 280 cv declarados (pouco mais de 300 cv, na real). Além de não serem exatamente fáceis de encontrar, os motores usados no Skyline GT-R costumavam passar por preparações radicais, o que reduziu drasticamente a disponibilidade de um RB26DETT original e confiável.

A solução foi encontrar um RB26DE, naturalmente aspirado, capaz de produzir originalmente 217 cv e 25 mkgf de torque. Além de ser um motor mais fácil de encontrar e contar com as mesmas características básicas do RB26DETT, o RB26DE também guarda grande potencial em preparações naturalmente aspiradas. Nem a GReddy, nem Sung falam em números de potência e torque, mas revelam que estão planejando um motor capaz de girar acima de 10.000 rpm, com limite de 12.000 rpm. Estamos babando só de imaginar o ronco desta belezinha.

Ao longo dos últimos meses o carro foi desmontado completamente, ficando apenas a carroceria. Quaisquer imperfeições foram eliminadas, e a lata está pronta para receber pintura e modificações que ficarão a cargo da californiana Signature Autobody, especializada em restauração e modificação de carros japoneses nos EUA — os famosos imports.


Além disso, todos os componentes essenciais do carro já foram separados, comprados e só estão esperando a hora de serem instalados — suspensão, freio e reforços estruturais. Detalhe: ainda neste mês, um documentário em cinco partes começará a ser exibido na Fox Sports americana. Batizada como Z Dream, a minissérie mostrará em detalhes o desenvolvimento do projeto.

Com tudo isto, Sung Kang só quer construir o carro que sempre quis e curti-lo como se deve. Com a ajuda do documentário, ele também espera motivar outras pessoas a fazer o mesmo. É exatamente o tipo de coisa que Han Lue faria, não?

Fonte: http://www.flatout.com.br/han-lue-de-velozes-e-furiosos-esta-fazendo-um-datsun-240z-de-corrida-para-o-sema-show/

=============

Como é bom ter dinheiro, né??

Se tivesse grana pra restaurar qualquer carro, qual você restauraria?
avatar
Eduardo


http://www.h2oms.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum