4ª Etapa - F1BC Indy Pro 2014/3 @ Fontana: Resultados e resumo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

4ª Etapa - F1BC Indy Pro 2014/3 @ Fontana: Resultados e resumo

Mensagem por Leandro S Mattos em Ter Nov 04, 2014 5:44 pm

Apresentação:
A Indy Pro chegou a sua quarta etapa da temporada 2014/3 nesta segunda-feira (3), no superspeedway de Fontana, na Califórnia. Ao longo das 84 voltas, a indefinição sobre com quem ficaria a vitória permaneceu até a volta final, e Djefferson Ramos teve esta honra pela primeira vez no F1 Brasil Clube. A Pro Drivers comemorou uma trinca, com Rafael David, novo líder do campeonato, e Márcio Costa.

Resumo:
A largada teve um princípio de tumulto no meio do pelotão, com Paulo Pupo não arrancando forte, o que forçou a fila de fora se desdobrar para passar. Infelizmente Carlos Guimarães tentou desviar e acertou outro Midiasom, de Alberto Ribeiro. Além destes, Rodolpho Amorim não teve por onde desviar e danificou seu bólido. Era a primeira bandeira amarela da noite.
 
Tão logo o ritmo de prova se estabeleceu, Cristiano de Sá, Gabriel Borba e Marcio Costa andavam juntos, deixando um pelotão predominantemente de carros da Pro Drivers na sequência. Aos poucos ficava claro que ultrapassar por fora era um desafio e tanto, já que os pilotos que se mantinham próximos da linha branca conseguiam boa velocidade graças a aerodinâmica deste carro. Com isso, surgiram algumas tentativas de ultrapassar por dentro na reta, geralmente mal sucedidas. Um toque entre Luiz de Melo e André Cattermol fez com que o então líder do campeonato passasse a fazer uma prova sofrida, levando voltas com seu veículo danificado. Carlos Guimarães também tentou passar Leandro Mattos (H2O) da mesma forma, sem sucesso.
 
As duas bandeiras amarelas geradas com estes incidentes mudaram os rumos da prova. Em uma delas, Raphael Sabará aproveitou para não fazer seu pit stop e assumir a liderança quando todos os demais o fizeram. Sabará se sustentou na ponta por boa parte do tempo, até que teve de fazer o resbastecimento em bandeira verde, e foi bem quando a nova intervenção do Safety Car se deu. Na segunda bandeira amarela, foi a vez de Munhoz e Neris ficarem na pista, assumindo as primeiras colocações.
 
Munhoz e Neris torciam para pelo menos duas entradas de Safety Car, para completarem a prova sem necessitarem de um reabastecimento. O segundo pelotão tinha disputa intensa, que culminou em um breve erro de Borba, que tocou em Sá e fez o carro da Alliance Sky passear pela grama, voltando em oitavo. Depois, o próprio Cristiano duelou com Bruno Luna, mas um toque entre eles na saída da Curva 4 colocou tudo a perder, para ambos. Ainda assim, esta seria a única entrada do Safety Car até o final.
 
Isso significava que Munhoz e Neris ainda tinham um pit stop a fazer, o famoso "splah and go" a cinco voltas do fim. Isso deixou Marcio Costa, Rafael David, Cristian Ramos, Lucas Periotto, Dionatan Machado e Luiz de Melo brigarem pela vitória. Nas volta final, Márcio abriu passagem para os companheiros, e estava selada a ordem.
 
A Pro Drivers comemorou a grande vitória de Djefferson Ramos, com o segundo lugar de Rafael David que assegurou sua liderança na competição. Marcio Costa fechou em terceiro, seguido por Dionatan Machado e Luiz de Melo. Lucas Periotto cometeu um breve erro e caiu para sexto ao final. Pedro Humenhuk, Kleber Bottaro, Raphael Sabará e Gabriel Borba completaram os dez primeiros, em ordem que teve mudanças após penalizações.
 
Agora, a ordem da pontuação entre os ponteiros é a seguinte: 159 David, 155 D.Ramos, 147 Machado, 146 Cattermol, 144 C.Ramos, 142 Melo, 140 Humenhuk. Entre as equipes, o equilíbrio segue entre Racing 4Fun e Pro Drivers, e você confere a tabela completa no menu Temporadas do website F1BC.com.
 
A próxima etapa da Indy Pro será realizada no circuito de Chicagoland, no dia 17 de novembro, às 21h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras 11 categorias.
 
 
Final, 84 voltas
1 Djefferson Ramos (Pro Drivers), 84 voltas
2 Rafael David (Pro Drivers), -00.234
3 Marcio Costa (Pro Drivers), -00.414
4 Dionatan Machado (Racing 4Fun), -00.589
5 Lucas Periotto (Pro Drivers), -00.850
6 Pedro Humenhuk (Falcon), -02.711
7 Kleber Bottaro (Forza), -03.631
8 Raphael Sabara (Black Nagata), -06.464
9 Gabriel Borba (Alligators), -1 volta
10 Rodrigo Munhoz (Racing 4Fun), -1 volta
11 Fabio Neris (Sinister), -1 volta
12 Luiz de Melo (Alliance Sky), -00.818 [+60s]
13 Cristian Ramos (Pro Drivers), -2 voltas
14 Wagner Matos (Alliance Sky), -2 voltas
15 Cristiano de Sá (Alliance Sky), -12 voltas
16 Andre Cattermol (Pro Drivers), -17 voltas
17 Leandro Mattos (H2O), -38 voltas
18 Paulo Pupo (MidiaSom), -46 voltas [+20s]
19 Francisco Fortes (Alligators), -54 voltas
20 Thiago Barbosa (Sinister), -55 voltas
21 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), -76 voltas
22 Rodolpho Amorim (Racing 4Fun), -83 voltas
23 Alberto Ribeiro (MidiaSom), -83 voltas
-- Carlos Guimaraes (Sinister), -2 voltas [DQ]
-- Bruno Luna (Pro Drivers), -12 voltas [DQ]
Volta mais rápida: Dionatan Machado, 31.802
avatar
Leandro S Mattos


http://www.h2oms.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum