3ª Etapa - F1BC Indy Pro 2014/3 @ Indianápolis: Resultados e Resumo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

3ª Etapa - F1BC Indy Pro 2014/3 @ Indianápolis: Resultados e Resumo

Mensagem por Leandro S Mattos em Ter Nov 04, 2014 7:01 am

Apresentação:
Uma corrida para entrar na história da Indy Pro no F1 Brasil Clube. Para o bem ou para o mal, Indianápolis teve seus acidentes marcantes, pit stops tanto em bandeiras amarelas quanto em períodos de velocidade máxima, com reabastecimentos rápidos ao final para alguns, e uma vitória mudando de mãos constantemente nas voltas derradeiras. Tudo conspirou para que Cristian Ramos recebesse a bandeira quadriculada a frente dos concorrentes ao final das 65 voltas.

Resumo:
A prova iniciou em forte ritmo, mas um incidente logo pela disputa na liderança chocou a todos, quando Fabio Neris tentou ultrapassagem por fora pra cima de Gabriel Borba e acabou levando a pior. Além de Neris, Kaio Marques, e Wagner Matos também abandonaram ainda nos estágios iniciais por outros problemas, além de Lucas Periotto, que fazia sua estreia na categoria mas danificou seu bólido ao tentar desviar de Fabio, e depois acabou rodando e batendo sozinho pela instabilidade que estes danos proporcionaram.
 
É Indianápolis. Disputas na primeira curva sempre levam perigo, e em um dos duelos Alberto Ribeiro tentou dividir espaço com Djefferson Ramos e acabou indo parar no muro. Era uma bandeira amarela que colocaria mais mudanças nos rumos da prova, já que a maioria parou para reabastecimentos, mas Carlos Guimarães e Raphael Sabará ficaram, passando a ocupar as primeiras colocações.
 
A relargada teve boa arrancada de Guimarães, mas Sabará chegou junto ao final daquela volta para tentar uma ultrapassagem por fora na entrada da reta principal. Escorregando um pouco, Raphael acabou tocando Carlos, e mais um acidente entre os líderes foi presenciado. Desta vez todos conseguiram desviar com sucesso.
 
Alguns pilotos aproveitaram para realizar pit stops, entre eles o campeão da Indy Fun Gabriel Borba. Talvez ele estivesse correto, já que ao final muitos pilotos provariam que alguns litros a mais de combustível fariam enorme diferença. Mas Borba acabou sendo pego de surpresa: Tonny peixoto saiu da Curva 2 direto para o muro, e Borba, no embalo do vácuo, foi junto. Era fim de prova para ambos, além de Paulo Pupo, que não teve como desviar da confusão.
 
A partir de então a Sinister tinha Rodrigues, Benitez e Barbosa a frente, em uma provável trinca. Amorim estava consolidado em quarto e começava a reduzir a distância, enquanto o segundo bloco tinha as emoções de disputas entre David, Melo, Cattermol, Ramos e Sá, além de Dionatam Machado se aproximando.
 
Surpresa mesmo foi quando, a cinco voltas do fim, Rodrigues foi para os boxes fazer um pit stop em bandeira verde. Era o pouco de combustível que lhe faltaria para concluir as 65 voltas. Uma volta depois foi a vez de Barbosa, e depois Benitez. Amorim e outros também precisaram desta passagem. Quando eles todos voltaram à pista, a confusão se instaurou.
 
Luiz de Melo e Andre Cattermol disputavam a liderança a duas voltas do fim, mas chegavam em Rodrigues e Benitez, agora ambos com uma volta de desvantagem. Mas o jogo de cintura falhou desta vez, e a dupla da Sinister não cedeu passagem fácil. De fato, Ralph até tentou reultrapassar André, quando o toque ocorreu - um choque para todos, na última volta.

Leandro S Mattos (H2O) teve problemas com seu bólido faltando 11 voltas para o final e mais uma vez foi obrigado a abandonar uma etapa.
 
Cattermol, Melo e Rodrigues foram para o muro na Curva 1. Deco Guimarães e Djefferson Ramos não tiveram por onde desviar. Uma brecha se abriu e Cristiano de Sá passou livre, mas assim que reacelerou, seu combustível falhou e o carro ficou lento. David tentou passá-lo mas não teve tempo de evitar um toque.
 
E então passaram ilesos Cristian Ramos e Dionatan Machado, para ficarem livres nos metros finais. Foi a primeira vitória de Cristian Ramos no F1BC, logo na prova mais tradicional da Indy Pro. Dionatan fechou em segundo, com Cristiano de Sá sem combustível se arrastando em terceiro, e Rafael David, danificado, em quarto. André Cattermol, Deco Guimarães, Rodolpho Amorim e Bruno Luna foram os demais sobreviventes a levarem o carro até o fim na volta do líder.
 
Com estes resultados, a Pro Drivers é a equipe com maior número de pilotos nas primeira posições da tabela, incluindo o líder, que manteve seu status depois de se salvar com o quarto posto. Na ordem, os que estão acima dos cem: 118 Cattermol, 117 David, 113 C.Ramos, 110 Melo, 107 D.Ramos, 107 Machado, 104 Humenhuk, 104 Barbosa, 104 D.Guimarães. A pontuação entre pilotos e equipes pode ser conferida no F1BC.com.
 
A próxima etapa da Indy Pro será realizada no circuito da Califórnia (Auto Club), no dia 3 de novembro, às 21h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo no site www.f1bc.com, que ainda fornece todos os resultados, classificação, informações e VTs das etapas desta e de suas outras 11 categorias.
 
 
Final, 65 voltas
1 Cristian Ramos (Pro Drivers), 65 voltas
2 Dionatan Machado (Racing 4Fun), +00.612
3 Cristiano de Sá (Alliance Sky), +04.403
4 Rafael David (Pro Drivers), +21.833
5 Andre Cattermol (Pro Drivers), +27.271
6 Deco Guimaraes (Racing 4Fun), +34.506
7 Rodolpho Amorim (Racing 4Fun), +36.346
8 Bruno Luna (Pro Drivers), +58.795
9 Luiz de Melo (Alliance Sky), +1 voltas
10 Thiago Barbosa (Sinister), +1 voltas
11 Djefferson Ramos (Pro Drivers), +1 voltas
12 Pedro Humenhuk (Falcon), +2 voltas
13 Sergio Rodrigues (Sinister), +2 voltas [+40s]
14 Leandro S Mattos (H2O), +11 voltas
15 Leonardo Santos (Forza), +15 voltas
16 Kleber Bottaro (Forza), +26 voltas
17 Gabriel Borba (Alligators), +33 voltas
18 Tonny Peixoto (Pro Drivers), +34 voltas
19 Paulo Pupo (MidiaSom), +34 voltas
20 Carlos Guimaraes (Sinister), +40 voltas
21 Alberto Ribeiro (MidiaSom), +45 voltas
22 Lucas Periotto (Pro Drivers), +53 voltas
23 Fabio Neris (Sinister), +61 voltas
24 Wagner Matos (Alliance Sky), +64 voltas
25 Kaio Marques (Pro Drivers), +64 voltas
-- Ralph Benitez (Sinister), +38.870 [DQ]
-- Raphael Sabara (Black Nagata), +40 voltas [DQ]
Volta mais rapida: Ralph Benitez, 39.607
avatar
Leandro S Mattos


http://www.h2oms.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum